Navarra - Produtos e Regiões Protegidas

Navarra dos livros de História de Portugal, Nafarroa dos bascos.

Pamplona, claro

Que belo bife! (tirado daqui)
e a desenfreada e mundializada corrida à frente das feras de San Fermin, com um Hemingway butch e venial encabeçando a multidão de jornalistas que, ávida, procura a mais bela foto, o mais belo video, da mais bela, sangrenta e mortífera colhida.

E Ribera de Navarra, os vales, a arquitectura românica e gótica, os silêncios

(ver descritivo aqui)
ou os Pirineus Navarros


Gazolaz, perto de Pamplona,

(ver descritivo, aqui)
E paisagens, no meio das quais se celebra uma românica devoção quiçá a meio de um percurso de Santiago

(ver descritivo aqui)
De gastronomia, a gula basca pelo bacalhau (não somos só nós) que me parece ser extensível a toda a costa atlântica ibérica, sendo o Bacalao Ajoarriero o mais emblemático (uma variante tirada daqui, está no final). Sendo região que se estende desde a costa atlântica até ao rio Ebro, com passagens pela alta montanha, por planícies férteis e pelas riberas de vários rios, possui uma dieta variada, carnes ricas (vitela e cordeira mas também caça), frutas e hortaliças, peixes de rio e mar, e também doces conventuais, vinhos e queijos.

Lechugas rizadas, cogollos de lechugas del grumillo, pochas (variedade de feijão branco, recolhida antes de atingir a maturidade; têm uma tonalidade ligeiramente esverdeada e consomem-se frescas  - e não secas - normalmente em guisados, sózinhas ou com codorniz ou enguias).

(fotos tiradas da net; ver receita de pochas da foto aqui)
que ajudam a criar os emblemáticos Pochas con chorizo de Pamplona o con jamón tierno ; Menestra a la Tudelana ; Pisto de Tafalla ; Cardos a la navarra ; Espárragos de Tudela ; Alubias coloradas del Baztán...

Os pratos de peixe, Trucha a la crema de ajos ; Trucha a la navarra ; Congrio al ajoarriero ; Atún pamplonico ; Merluza a la tudelana ; 



Anguila adobada ; Empanada de pescado




Sardinas a la navarra ; Salmón marinado...

Os doces conventuais, Cuajada de leche




Torras de Txantxigorri ; Leche frita al estilo de la vecina Rioja ; Arroz con leche del Baztán ; Torrijas con paletada de miel...

Alguns restaurantes: Restaurante Rodero, em Pamplona (home page) ;


La Cocina de Álex Múgica, em Pamplona (home page) ; todos os membros deste "clube" "Trece restaurantes y un Reyno", projecto da Associação de Restaurantes de Navarra.

Finalmente, os produtos e regiões protegidas:

AZEITES

HORTOFRUTÍCOLAS


VINHOS DOP (algumas rotas de vinho em Navarra)


BACALAO AJOARRIERO CON GAMBAS

Ingredientes
1kg de bacalhau; 1 lata de pimientos del piquillo; 1,25 kg de gambas; 1 cebola; 7 alhos; 1 copo de azeite; 6 colheres de sopa de molho de tomate.

Preparação
Separa-se o bacalhau em lascas. Coloca-se de molho de véspera, em água abundante, mudando-se esta duas vezes. Num tacho de barro coloca-se o azeite, e a cebola e alhos picados finamente. Acrescenta-se o bacalhau bem escorrido quando estes começarem a dourar. Agita-se o tacho, espera-se 5 minutos e acrescentam-se as gambas sem casca. Numa frigideira com um alho partido e um pouco de azeite, fritam-se os pimentos cortados em tiras com uma pitada de sal, durante o tempo suficientes para tomarem gosto. Acrescentam-se ao bacalhau, deixando-se ferver mais 5 minutos. 
Nota da autora: no bacalhau nunca meter colher ou garfo - abanar sempre o tacho; tão pouco tapar - o bacalhau não gosta de vapor.
Esther Ezquerro Falces, de Lodosa.

Comentários

Nos últimos 30 dias...