Black chili

Para os masoquistas que só gostam de confeccionar feijão cru e que são suficientemente distraídos para se esquecerem de o pôr a demolhar de véspera.

Cozer feijão sem demolhagem prévia:

Ferver na panela de pressão. Quando começar a chiar, tirar do lume, escorrer e acrescentar a mesma quantidade de água, a ferver. Voltar ao lume, tapado e contar 15/20 minutos (depende do feijão, da panela, do lume, do nosso grau de atenção...), aguentando - e controlando - a chiadeira. E está cozido.

E o resto da receita que, eu sei, eu sei... é mais usual ser servida no tempo frio (mas os cariocas não o comem em pleno Verão tropical?):

Refogar, em azeite, alho francês, cebola, talo de aipo, cebolinha, alho, tudo picado. (Não esquecer de acrescentar no início um pouco de água, para baixar a temperatura e permitir uma cozedura... menos frita). Picar pimentos vermelho e amarelo, fatiar cogumelos de Paris; acrescentar ao refogado e deixar cozinhar um pouco. Acrescentar a carne picada. Depois de cozido, misturar com o feijão preto cozido. Rectificar de temperos, deixando, de preferência, estupidamente picante - é importante dar vazão à superbock da geleira!

Aproveitar a água de cozedura do feijão para um caldo de fazer boca!

Comentários

Nos últimos 30 dias...