Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

EM DESTAQUE

Quarentena #7 - Comunicar

Meu Amor,

Se os olhos são o espelho da alma, os poucos locais que percorri fora de casa nos últimos dias são espaços ocupados por fantasmas, tal a recusa em olhar o outro que todos têm quando se entrecruzam. Como se a interrupção desse #fiqueemcasa repetido à exaustão por televisões, governantes, redes sociais fosse motivo de vergonha. Um silêncio visual sepulcral mas ensurdecedor, cheio de culpa, mea massima culpa.
Lembro-me do esmagador Ecce Homo do Nuno Gonçalves, do Cristo feito homem a quem negaram essa mesma humanidade, impedido de ver e de assim comunicar. Perdemos a alma quando não interagimos com o próximo, somos seres sociais, devemo-nos e aos outros devemos essa partilha, esse suporte, essa esperança. 
Depois vejo o teu olhar, esse olhar pelo qual me apaixonei e que todos os dias me renova a esperança e a confiança no futuro, no nosso futuro. Olho e vejo neles um homem bem melhor do que sou, olho e vejo um homem tornado mais forte, olho e vejo uma força que está para além de …

Mensagens mais recentes

Quarentena #6 - Pele

Quarentena #5 - Respostas

Quarentena #4 - Futuro

Quarentena #3 - Caos

Quarentena #2 - Repugnância

Quarentena #1 - Silêncio

The B Temple: a carne maturada como bandeira

Ver estrelas não é ter estrelas

Acordo Autográfico: um jantar luso-brasileiro no Atlântico

Numa Esqina de Lisboa, com a Madalena a ajudar