Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

EM DESTAQUE

The B Temple: a carne maturada como bandeira

Vivemos, neste presente de turismo para quase todos os gostos, um momento tão gastronomicamente eufórico que estas palavras de Manuel Pedroso, datadas de 1975, nos parecem de um outro país que não o nosso, de uma cidade tão mítica quanto a cozinha das nossas avós:

"Quem estiver num restaurante não pode deixar de reparar que mais de metade dos presentes está de faca na mão a batalhar com esse pedaço de carne dura e sensaborona a que se dá o nome de "bife". O facto é tanto mais de estranhar quanto é certo que o "bife" que se come entre nós é francamente mau. Não temos pastos e não apurámos raças, de forma que a nossa carne é de péssima qualidade. (...) Em casa o cidadão médio raras vezes come um pedaço de carne porque o seu preço o torna praticamente inacessível. Quantas vezes e que a família pode comer bifes? Quem tem dinheiro para encher a barriga dos meninos de carne assada? (...) Encantado da vida, o cliente encomenda o "bife da casa e, passada a meia…

Mensagens mais recentes

Ver estrelas não é ter estrelas

Acordo Autográfico: um jantar luso-brasileiro no Atlântico

Numa Esqina de Lisboa, com a Madalena a ajudar