Tarte de Camarão

Uma coisa levezinha, para quem já está farto de listas de gastronomia concelhia...

1ª pré-declaração: Gosto muito de receitas feitas com massa, seja ela folhada ou areada, filo ou quebrada.
2ª pré-declaração: Normalmente não tenho tempo para fazer a massa.
3ª pré-declaração: Compro-a feita e uso-a. Antes isso que nada...

E aqui vai:

1. Refogar em azeite com um pouco de água uma cebola. Quando translúcida, acrescentar um punhado de camarões, salgar e pimentar e acrescentar pitadas do que achar melhor (caril, noz moscada por exemplo).

2. Acrescentar molho branco em quantidade suficiente para o volume necessário para encher a tarteira, deixar engrossar um pouco com o lume muito brando e terminar com natas para bater. Cuidado com as porções para não ficar muito líquido. Ser liberal com salsa picada.

4. Fora do lume, acrescentar um ovo bem batido e mexer bem.

3. Forrar a tarteira com a massa escolhida (neste caso foi folhada), picar e encher com o recheio. Levar imediatamente ao forno pré-aquecido a 180ºC. Retirar quando dourada.

Comentários

Nos últimos 30 dias...