Portugal Gastronómico §8 - Confrarias - Distrito de Coimbra

Agrupadas na Federação Portuguesa de Confrarias Gastronómicas, existem

CONFRARIA DA CHANFANA
Desde 22 de Agosto de 2001

Objectivos: Preservação e Promoção da Chanfana a potenciar a cultura gastronómica como também, contribui para a certificação deste prato, de origens tão remotas.

Av. Dr. Daniel de Matos, Ed. do Mercado Municipal, 3350-153 Vila Nova de Poiares ; Telef: 239429000 / 239423360 ; mail@confrariadachanfana.pt ; http://www.confrariadachanfana.pt

CONFRARIA DO QUEIJO DA SERRA DA ESTRELA
Desde 08 de Fevereiro de 1989.

Objectivos: Tem como objectivo a defesa, valorização e divulgação do Queijo da Serra da Estrela, bem como os vectores de produção de toda a região demarcada.

Quinta da Tapada, 3400 OLIVEIRA DO HOSPITAL ; Tel. 238600720 ; oppgr@ancose.com ; http://confrariadoqueijoserradaestrela.com/

CONFRARIA NABOS E COMPANHIA
Desde 11 de Julho de 2001.

Objectivos: Prestigiar e divulgar a gastronomia gandaresa valorizando-a com a companhia constante de grelos de nabo – produto genuíno da região.

Info: ler aqui,

Rua Dr. Manuel Rosete, 165, 3070-616 CARAPELHOS ; Tel. 914221462; 912553713 ; confrarianabosecompanhia@gmail.com

REAL CONFRARIA DO MARANHO
Desde 19 de Março de 2002.

Objectivos: Divulgação da Gastronomia Regional

Rua de São Pedro, 3320-231 PAMPILHOSA DA SERRA ; Tel. 239704558 ; realconfmaranho@hotmail.com

CONFRARIA DA LAMPREIA DE PENACOVA
Desde 06 de Agosto de 2003.

Objectivos: Defesa e divulgação do património gastronómico do concelho de Penacova em geral e da lampreia em especial e da doçaria conventual.

Rua Conselheiro Barjona de Freitas, n.º 12-1º, 3360-191 PENACOVA ; Telef: 239476294 ; advfernandolopes@sapo.pt ; http://confrariadalampreia.com.pt

REAL CONFRARIA DA CABRA VELHA
Desde 29 de Outubro de 2003.

Objectivos: Promoção, defesa e divulgação do património gastronómico de Miranda do Corvo, em especial o relacionado com a carne de cabra - chanfana, negalhos, sopa de casamento e chispe.

Tendo como principal propósito a defensa das características e a divulgação de pratos tradicionais nesta região – tais como a Chanfana, os Negalhos e a Sopa de Casamento -, a Real Confraria da Cabra Velha tem assim definido o seu ideário num brasão com os seguintes pontos:- Sobre um monograma de Miranda do Corvo (MC), debruado a negro e com as cores da Bandeira Portuguesa (verde e vermelho), fixa-se ao centro um medalhão de fundo azul celeste onde se nos expõe a Cabra. Velha, pois claro, se é dela que depende em boa medida a gastronomia por cá praticada. Em torno desse medalhão, uma moldura amarelo-dourado onde se inscreve a frase latina «NON VESTRA SED NOSTRA», cuja tradução no mais vernáculo português (Não vossa mas nossa) pretende marcar, pela nossa parte, uma inequívoca posição acerca da Chanfana, suas origens e seus mais fidedignos cultores.- Na base, uma faixa, de cor ocre-velho, onde se lê o nome oficial desta nossa Confraria, nele se destacando a palavra Real, que o mesmo será dizer verdadeiro, genuíno, autêntico.- No canto superior direito, uma folha de videira, vulgo parra, uma vez que o vinho é ingrediente indispensável em muitos dos petiscos nascidos e sublimados por aqui, e mormente nos três que são fundamento e assumido objectivo desta pretendida aproximação e convívio de confrades, quaisquer que venham a ser os seus credos futebolístico-político-religiosos, se até na proverbial e milenária filosofia chinesa se consagra que «o melhor caminho para o coração passa pelo estômago».
Pois assim seja, a bem de quantos formos, poucos ou muitos, desde que bons e sempre firmes nos opíparos intentos de bem empunhar faca e garfo, sem que o copo nos olvide nem embacie as ideias.

Praça José Falcão, Apartado 77, 3220-206 MIRANDA DO CORVO ; Tel. 239 530 320 ; arodrigues@cm-mirandadocorvo.pt ; http://rccabravelha.blogspot.com/

A CONFRARIA DAS PERALTAS - GASTRONOMIA DA SERRA DA LOUSÃ
Desde 21 de Maio de 2004.

Objectivos: promoção de eventos culturais e intervenção social, convívios culturais, tertúlias e actos de solidariedade social. Promoção da Gastronomia local.

Apartado 97, 3200-909 LOUSÃ ; Telem: 919747590 ; confrariaperaltas@gmail.com

CONFRARIA GASTRONÓMICA DA GÂNDARA AROMAS E SABORES GANDAREZES
Desde 01 de Janeiro de 2001.

Objectivos: A defesa, valorização e promoção da gastronomia e produtos alimentares da região Gandareze onde se insere.

Rua do Preventório, nº999, 3060-675 Tocha ; Telef: 231443078 ; ferraz@pedroferraz.com

CONFRARIA DO QUEIJO RABAÇAL
Desde 17 de Abril de 2006.

Objectivos: Defesa, valorização e promoção do queijo Rabaçal, privilegiando uma parceria activa com os produtores, suas organizações e demais entidades locais, regionais, nacionais e internacionais que se identifiquem com o objecto proposto, assumindo em complemetaridade a promoção dos produtos endógenos das "terras de sicó".

Espaço Museu da Vila Romana do Rabaçal, 3230-544 Rabaçal ; Telef: 236679446 ; fernandoantunes@psd.parlamento.pt

CONFRARIA GASTRONÓMICA DO BUCHO DE ARGANIL
Desde 06 de Abril de 2006.

Objectivos: Defesa e divulgação do património gastronómico da Região das Beiras, em especial, do Bucho.

Santa Casa da Misericórdia de Arganil - Rua Comendador Cruz Pereira, 3300-034 Arganil ; Telef. 235200504 ; confrariabucho@gmail.com

CONFRARIA GASTRONÓMICA DO ARROZ E DO MAR
Desde 15 de Abril de 2003.

A Confraria Gastronómica do Arroz e do Mar tem como objectivo principal a defesa, a valorização e a promoção da cozinha regional que inclua o arroz ou pescado da região da Figueira da Foz e do Baixo Mondego.

Apartado 2055, 3081-901 Figueira da Foz ; confrariadoarrozedomar.figfoz@gmail.com

CONFRARIA DA DOÇARIA CONVENTUAL DE TENTÚGAL
Desde 01 de Setembro de 2008.

Convento da N. Sra. da Natividade, Estrada Nacional 111, 3140-563 Tentúgal ; olgacavaleiro@gmail.com

CONFRARIA DO MEDRONHO
Desde 25 de Fevereiro de 2008.

Objecto:
1. A associação tem como objecto a defesa dos interresses e a formação dos proprietários de povoamentos de Medronheiro e também o desenvolvimento de acções de promoção, valorização e conservação do Medronho e do Medronheiro e dos seus ecossistemas, tendo por base uma gestão sustentável dos recursos naturais.

A associação desenvolverá ainda actividades relacionadas com a silvicultura, a gestão e exploração florestais e prestará serviços nesse mesmo âmbito. Incrementará igualmente actividades de produção, transformação e comercialização dos mesmos.

2. A Associação desenvolverá em geral todas as actividades, para a conservação do medronheiro e em particular:

2.1. O desenvolvimento de acções de divulgação, valorização e conservação do medronho e do medronheiro e dos seus ecossistemas, tendo por base uma gestão sustentável dos recursos naturais.

2.2. A defesa dos interesses e a formação dos Proprietários de povoamentos de medronheiros.

2.3. A dinamização de actividades relacionadas com a silvicultura, a gestão, a prevenção de fogos e a exploração florestal e a prestação de serviços nesse mesmo âmbito.

2.4. O incremento de acções de produção, transformação e comercialização do medronho, do medronheiro e dos seus derivados.

2.5. Apologia da gastronomia tradicional, do património paisagístico e das tradições ligadas à vida rural e aos sistemas agro-florestais.

2.6. A promoção de acções de carácter associativo, que tenham em vista o convívio, a solidariedade e as boas relações entre os seus Confrades Associados

Quinta de Vale de Asne, 3420-053 Covas ; Telefone: 268 602 444 ; Telemóvel: 91 81 28 555 ;
www.confrariadomedronho.org ; confrariadomedronho@gmail.com

REAL CONFRARIA DA MATANÇA DO PORCO
Desde 26 de Outubro de 2006.

Objeto:

1. A Confraria tem como objectivo a preservação da matança do porco, como tradição sócio-cultural e factor de convívio intergeracional e a promoção, defesa e divulgação do patronómio gastronómico de Miranda do Corvo.

2. A valorização e propaganda gastronómica directamente associada à matança do porco, nomeadamente o serrabulho, bucho, presunto, enchidos, segundo as ementas tradicionais da região centro e particularmente dos vales do Ceira e Dueça.

No âmbito das suas atribuições deverá a Confraria:

a) Promover, organizar e apoiar encontros, convívios ou festivais gastronómicos onde a carbe de porco tenha especial relevância, com vista à sua divulgação numa perspectiva pedagógico-cultural;

b) Promover ou patrocinar medidas tendentes à certificação de prosutos gastronómicos relacionados com a carne de porco e visando a defesa da sua qualidade e genuinidade;

c) Promover o intercâmbio com organizações congéneres nacionais ou estrangeiras no âmbito dos objectivos prosseguidos;

d) Promover acções no âmbito da atnografia, gastronomia e turismo;

e) Preservar a autenticidade da região, valorizando o património cultural, nomeadamente a promoção do artesanato local.

Centro Social Comunitário Dr. Jaime Ramos, 3220-231 Miranda do Corvo ; Tel.: 239 530 150 ; rcmatancadoporco@adfp.pt ; http://rcmatancadoporco.blogs.sapo.pt/

CONFRARIA DO BOLO DE ANÇÃ
Desde 24 de Novembro, de 2005.

Info: aqui,

Rua Vila Vieira, nº 8, 3060-056 Ançã ; jorge.amaral@transdev.pt

Comentários

Nos últimos 30 dias...