Notas estivais (III)

Está um calor de ananases. As palavras custam tanto a escrever como a ler. O Governo avançou com mais medidas de aumento da receita o que atira para um bocadinho mais longe a miragem de expedições gastronómicas "lá fora". Fiquem pois com memórias de um princípio de Primavera em Paris.









Caverna de ali-chá-chá, com propostas apetitosas. Para bolsos europeus.


"Épices Roellinger" outra caverna de tesouros. 51 bis rue Sainte Anne










Comentários

Nos últimos 30 dias...