Gastroescritas #6 - L'Asie des Frères Pourcel, de Sophie Brissaud

Coisa curiosa, a posição dos cozinheiros na sociedade - durante séculos foram artífices de sobrevivência, passaram a adereço de luxo assinalando ricos e poderosos, depois foram instrumento de empresários e, desde há poucas décadas, são imensas estrelas brilhando numa sociedade global.

Gémeos na identidade e na cozinha, os irmãos Pourcel, souberam construir uma reputação a partir do seu restaurante Le Jardin des Sens, em Montpellier. Três estrelas Michelin em 1998, hoje em dia 2 estrelas, tiveram a sapiência de diversificar o negócio, expandindo-o para onde, no presente, o dinheiro corre mais fácil - a Ásia.



O livro cartografa esta expansão, dando-nos não só uma visão de cada um dos quatro restaurantes em laboração, situados em Tóquio, Bangcoque, Singapura, Xangai como uma descrição da cozinha de cada um dos países, terminando na casa mãe em França.

Pode ser incluído na categoria dos "coffee table books", para manter em estudada displicência sobre a mesa de apoio às visitas - belas fotografias, preparações de estimular a gula (e a elevar a responsabilidade d@ cozinheir@ lá de casa...) - ou pode ter um carácter inspirador para as experimentações caseiras.

A bisbilhotar, de qualquer das formas.






Comentários

Nos últimos 30 dias...