The Best disco in town

Há personagens bigger than life que nos deixam, perenes actos de vida, momentos de inspiração, biopics para Hollywwod. Bah. Inspiradores mas chatos. Been there, seen that, sessão vespertina de Domingo, sofá e pose garfield que há neura a mais e paciência a menos para revisitar a cidade e arredores.


Depois há personagens bigger than me.


Tão grandes nos gestos e no talento que me colocam no lugar. E o abraço que me dão, da amizade às guloseimas que me colocam à disposição do palato, deixa-me quase sem jeito na retribuição. Faço por isso. Digo uns disparates para disfarçar a emoção enquanto os olhos brilham, indecisos entre a admiração e aquelas coisas que não assistiam aos homens de antanho.




E provo. E saboreio. E peço mais. E divirto-me com as ideias fora da caixa e os caixotes de ideias transformados em acepipes, entradas, pratos principais, sobremesas.








É uma cornucópia, este Joe.










Comentários

Joe Best disse…
Speechless & No comments, como no Euronews.
Diogo Rodrigues disse…
"Best place in town" sem qualquer dúvida. Boa comida e ainda melhor companhia. Todos os lugares deviam ser assim.

Nos últimos 30 dias...