Artes Culinárias 14/15 1.0: To be or not to be

Prove este amanita, diz o Chefe, e diga-me lá se isto não é ---------------

Já não o oiço, tal a intensidade do sabor que se alastra pela boca e arredores, memória incluída, terra e este Outono, a caminhada que fiz com a Susana, serra da Lousã acima, serra da Lousã abaixo, e a diversidade de cogumelos que fomos encontrando e em paz deixando, os toques de acidez adicionados, verde sobre castanho ----------------

Cozinha em polvorosa contida, com registo visual apresentado dois posts atrás, deixada entregue aos actores. Palco trocado pela sala de refeições, novo centro operático, novas caras, que se mostrarão verdes, a espaços (o serviço começa sempre pelas senhoras, não é?), apesar de esforçadas.


Um choco à janela, qual carochinha à espera do seu Romeu. Carochinha saída de um mar asiático, que inunda a alma, é tão bom poder bailar a memória entre ritos, entre viagens, à volta do quarto, na minha terra, no bairro de outros.

Emulsão de Chocos e Erva-Príncipe

Uma escolha de cogumelos (amanitas, boletos, cantarelos), oh tão bons, a bolacha e o puré de beringela, uma uva em pickle, apontamento de figo e presunto. Ideias tacteantes mas cheias de lógicas, de propostas pensadas. A bolacha completamente neutra, a oferecer unicamente o crocante, dissonância consonante com o resto.

Cogumelos de Outono, Bolacha e Beringela

Um ceviche que me apareceu pouco excitado, apesar do leche de tigre, apesar da audácia da combinação, maçã e batata doce, robalo e rabanete, muita acidez, diversos tipos de titilação, texturas diversas, complementares, antagónicas.

Ceviche de robalo, Batata Doce e Milho Assado

Depois, um prato que é um pecado absoluto, não sei se de confecção autorizada a tão jovem gente. Uma tenra, a desfazer-se, peça de porco, impregnada de acrilamida, gorduras saturadas, sabores de nos cortar a moralidade, um puré de batata com mais manteiga que a Baixa com água em dia de chuvada imprevista, coroada por puro, traumático, inebriante, líquido tutano!

Cachaço Fumado, Puré de Batata e Tutano

Para terminar com um ollhar doce, um crumble de marmelo e pera, lemon curd e uma uvada - do Céu... - que exigiriam um café, um Porto e um charuto... fosse eu mais aficionado da realidade do que da imagética inglesa vitoriana...

Marmelo e Uvada

E amanhã há mais.

Comentários

Nos últimos 30 dias...