Às Cegas em S. Miguel, vol.1 - Anfiteatro de gostos

O Restaurante/ Lounge Anfiteatro é a Unidade de Aplicação da Escola de Formação Turística e Hoteleira (EFHT) de Ponta Delgada. A sua equipa de colaboradores e formandos é a responsável por uma cozinha de referência na capital da ilha, justo contraponto para a sempre diferente vista da marina e do porto. A cobertura do edifício onde se insere, funciona também como anfiteatro do imenso palco fronteiro - expectante do próximo, parece rampa de lançamento para as estrelas.



De estrelas gastronómicas, presentes e futuras, se encheram as salas do restaurante, por estes dias. Em preparação para um jantar Às Cegas (calma, explicaremos num outro dia), realizou-se uma refeição para os chefes convidados para participar no evento. Numa mesa divertida, onde se cruzaram histórias e ideias, cumplicidades e visões, a EFHT apresentou um menu representativo da cozinha desenhada e elaborada pelos seus professores.



Antes, dois cocktails de criação local, autoria do barman João Couto, chefe de bar do restaurante e formador da Escola, a realçar sabores da produção "tropical" açoriana, a mandarina e o ananás:





Com Nuno Santos, sub-chefe da Escola a responsabilizar-se pelo comando da cozinha, foi a seguinte a sequência dos pratos e dos vinhos:

1. Amuse-bouche
Almôndega de morcela com daiquiri de ananás dos Açores e coentros
Terras de Lava branco 2014


Sob o olhar curioso de Vasco Lello (Flores do Bairro, Bairro Alto Hotel)...
2.
Tataki de atum, Salada de algas, Creme de abacate com wasabi e crocante de arroz
Terras de Lava branco 2014



3.
Sarrabulho de lapas, Parmantier de alho francês, Lapa confitada, Azeite de chouriço e Crocante de algas
Arinto dos Açores 2014 (Azores wine company)




4.
Boca negra corado, Ravioli de lapas, Consommé de marisco
Arinto dos Açores 2014 (Azores wine company)




5.
Vazia corada, Endívia glaceada, Batata-doce assada, Cogumelos confitados, tutano e jus
Tinto vulcânico 2014 (Azores wine company)



6.
Queijo ou iogurte?
Geleia do diabo, Espuma de iogurte, Queijo do Pico e Granola


7.
Crème brûlée de chá orange pekoe, Gelado de banana e Queijo Velho S. Miguel
Curral Atlantis Verdelho e Arinto dos açores 2015 - licoroso


Nuno Santos, o sorriso de um trabalho muito bem acolhido pelos seus pares
Composições contemporâneas a realçar as múltiplas qualidades de alguns dos ingredientes locais, vinhos como o Arinto dos Açores e o Tinto Vulcânico da Azores Wine Company que foram uma muito agradável surpresa, de carácter forte e características bem representativas do seu terroir (salinidade, mineralidade, algum enxofre) a deixar indelével o desejo de os voltar a repetir.

E, numa quase tropical noite de Outubro, um final de serão a olhar a marina e a falar... de gastronomia, what else?


Comentários

Jorge Nunes disse…
Pedro,
Esse tinto vulcânico foi uma bela surpresa, gostei francamente.
Excelente artigo, como sempre.
Um abraço
Pedro Cruz Gomes disse…
Obrigado pela partilha, Jorge, temos de partilhar uma garrafa do vulcânico, então :-) !
Unknown disse…
Grande artigo... obrigado
Pedro Cruz Gomes disse…
Totallmente merecido! :-)
Os meus pais moram naquela torre gigante que se vê na fotografia :)

Nos últimos 30 dias...