O melhor cozinheiro de Itália?

Este tipo de nomeações vale o que vale não deixando, no entanto, de ser um bom indicador da qualidade que apresentam os nomes eleitos.

Na sua 18ª edição acabada de sair, o guia "Alberghi e Ristoranti d’Italia" (2011) elegeu Massimo Bottura do restaurante Osteria Franciscana em Modena, como o melhor cozinheiro de Itália, graças à mais elevada classificação (93/100) dos restaurantes analisados. Esta classificação repete a alcançada no guia "I Ristoranti d’Italia 2011" do jornal L'Espresso, onde obteve a melhor classificação com 19,75/20.

E quem é Massimo Bottura?

(fonte: revista Apicius)


Alguém que tem no currículo "académico" o trabalho com dois monstros do show bizz gastronómico contemporâneo - Alain Ducasse e Ferran Adriá - e que de um aproveitou a noção de pouco e muito bom e de outro o sentido do espectáculo e da desconstrução e recriação.

É considerado por muitos o mais inovador chef italiano e na sua cozinha acrescenta à parafernália do novos métodos um respeito e uma vontade de recriar os velhos sabores tradicionais que estão em sintonia com o cada vez mais forte movimento Slow Food (o qual, recorde-se, nasceu em Itália).

Aqui ficam alguns dos pratos disponíveis no seu restaurante e publicados em várias revistas da especialidade. Para quem fôr a Modena experimentar.

Compressione di pasta e fagioli
(fonte: revista Ulisse)

(fonte: revista Good Job)

Transparenze di baccala
con polenta grigliata, cipola, patata e pommodori
(fonte: revista Good Job)

(fonte: revista Good Job)

(fonte: revista Good Job)

Magnum da foie gras
(fonte. revista Interiors)

Nero su nero - Omaggio a Thelonious Monk
(fonte: revista Interiors)

Sottobosco
(fonte: revista Interiors)

Mango e suoi amici
(fonte: revista Interiors)

Bollito Misto
(fonte: revista Mistral)

(fonte: revista Restaurant)

Comentários

Nos últimos 30 dias...