PROVE em Lisboa


Bom, parece que finalmente este conceito vai chegar à capital.

Do produtor ao consumidor, sem intermediários, produtos hortofrutícolas comercializados em forma de cabaz com peso (entre 5 e 6 quilos) e preço fixos (10 euros) (no caso lisboeta provenientes de uma exploração agrícola localizada na várzea da Moita (proprietária: Ana Marques) onde são utilizadas exclusivamente técnicas amigas do ambiente (Modo de Produção Integrada)), estarão disponíveis no Mercado de Santa Claratodas as 3ªs feiras entre as 17:30 e as 19:00, após encomenda prévia.

(Fonte: PROVE)

A iniciativa será a mais recente de uma longa série iniciada com sucesso em 2006 nos concelhos de Palmela e Sesimbra e estendida desde então a múltiplos concelhos de Norte a Sul do país. Resulta da associação entre a ADREPES – Associação para o Desenvolvimento Rural da Península de Setúbal, entidade coordenadora do projecto PROVE e a Associação “As Idades dos Sabores”, promotora do Centro das Artes Culinárias, situado no Mercado de Santa Clara. 

O PROVE - Promover e Vender tem como objectivo contribuir para o escoamento dos produtos locais, fomentar as relações de proximidade produtores/consumidores e encurtar os circuitos de comercialização. Igualmente interessante - espero a implementação rápida - é a intenção de criação de um conjunto de planos de intervenção nas explorações agrícolas que estimulem novos produtos e serviços, divesificando a actividade e aumentando o rendimento dos agricultores. É naturalmente orientado para os pequenos produtores, tendo vindo a encontrar o apoio de autarquias, organizações de agricultores e diversos parceiros locais. 

(Fonte: PROVE)

38 núcleos, cerca de 100 produtores, 1500 consumidores, 11 toneladas de produtos comercializados semanalmente, são números animadores.

Encomendas para a primeira entrega (7 de Fevereiro) deverão ser efectuadas até ao dia 5 pelo 961 071 190 ou www.prove.com.pt/encomendas. Mais informações: 212 337 930 ; 919 424 733.

Bom sucesso, é o que desejo. Muito!

Comentários

Nos últimos 30 dias...